Dúvida sobre o HIV. Ajudem ae tetas.

Discussão em 'Vale Tudo' iniciada por panico2003, 17 Junho 2010.


  1. panico2003 Veterano

    Número de Mensagens:
    659
    Pontos de Troféu:
    104
    Iai galera, eu tenho na minha família uma pessoa que tem HIV a uns 16 anos e minha mãe é uma das poucas pessoas da familia que sabe sobre isso, e essa pessoa sempre tem que fazer exames para acompanhar como anda essa doença, e essa semana a pessoa em questão contou para minha mãe que a alguns anos os exames dão o resultado negativo para o HIV e no ultimo exame desta pessoa o médico falou que se esta pessoa transar sem camisinha não vai transmitir a doença para seu companheiro, quando minha mãe comentou sobre isso comigo eu fiquei pasmo:kong_zonzo:, ae eu pergunto a vcs se ja ouviram falar de um caso assim ou se isso é possivel? É como se a pessoa estivesse curada do HIV mas ainda sim teria que continuar normalmente com o tratamento, estaria meio curada, eu nunca ouvi falar de algo assim.:kong_zonzo:
  2. Stud1 Ei mãe, 500 pontos!

    Número de Mensagens:
    28,120
    Pontos de Troféu:
    744
    Entrou em estagio regressivo?

    Olha...nao entendo nada disso por isso nao vou opinar...mas eu nao arriscaria.
  3. THE_PLAYER Ei mãe, 500 pontos!

    Número de Mensagens:
    24,615
    Pontos de Troféu:
    559
    O máximo que lembro disso é a questão do portador que não apresenta os sintomas, alguma coisa assim. Caso Magic Johnson e tal.
  4. BlackICE Dark side of ice

    Número de Mensagens:
    6,634
    Pontos de Troféu:
    214
    Na verdade o médico foi completamente irresponsável.

    O tratamento pode sim baixar tanto a contagem de vírus que os exames darão negativo, e com a contagem baixa a possibilidade de repassar a infecção também é mais baixa, mas ainda existe. O vírus está lá, são poucos e controlados, mas ainda ativos.

    O que o médico disse dá a impressão de "oba-oba", toma o coquetel até o resultado começar a dar negativo e a pessoa já está "no mercado" de novo... Acaba colocando o HIV como um "viruzinho" crônico qualquer (como o subestimado HPV).

    Att'
  5. panico2003 Veterano

    Número de Mensagens:
    659
    Pontos de Troféu:
    104
    To vendo que é melhor a "pessoa" trocar de médico urgente [kzangado]
  6. THE_PLAYER Ei mãe, 500 pontos!

    Número de Mensagens:
    24,615
    Pontos de Troféu:
    559
    Olha aí a questão do Magic Johnson, exatamente a mesma resposta que o BlackICE deu:

    "Magic Johnson never had AIDS. He was HIV positive. Like many HIV+ people, the anti-retroviral drugs he takes have reduced the virus to undetectable levels.

    The virus still exists in his brain and other "sanctuaries" where the drugs cannot reach because of the blood-brain barrier. The bad news is, the virus in his brain will likely result in HIV dementia.

    He would still test HIV+ on an ELISA antibody test, though he may test "undetectable" on a PCR viral load test.

    Please understand, he is not cured.

    He takes anti-retroviral drugs every day and the day he stops, the virus will continue replicating. In fact, it will eventually develop resistance to the drugs he takes and continue to replicate. This is why it is important to continue research for new drugs."
  7. BlackICE Dark side of ice

    Número de Mensagens:
    6,634
    Pontos de Troféu:
    214
    A coisa é tão séria que eu denunciaria o médico ao CRM (Conselho Regional de Medicina) do estado. Esse cara deveria no mínimo levar uma censura pública.

    Att'
  8. Binow Veterano

    Número de Mensagens:
    1,311
    Pontos de Troféu:
    114
    uma pessoa da família...[kdesconfia]
    pode falar que é você ;D
  9. Shinobi4CS Ei mãe, 500 pontos!

    Número de Mensagens:
    22,721
    Pontos de Troféu:
    534
    Cara, isso não EXISTE. HIV não tem cura

    Que lixo de médico foi esse?
  10. Stud1 Ei mãe, 500 pontos!

    Número de Mensagens:
    28,120
    Pontos de Troféu:
    744
    Regressivo de cu eh rola.

    Eu se estivesse na mesma situacao denunciaria o medico como o user acima disse...isso eh serio demais pra brincar.
  11. Killer Khan Bam-bam-bam

    Número de Mensagens:
    20,341
    Pontos de Troféu:
    454
    Ela pode até não apresentar os sintomas de AIDS, mas ainda pode transmitir HIV, ein.
    Muito sério isso.
  12. Bundeta Ser evoluído

    Número de Mensagens:
    84
    Pontos de Troféu:
    29
    Acho mais fácil a pessoa entender errado do que o médico dizer uma cagação grande. Mas tudo é possível nesse mundo
  13. Omaba Ser evoluído

    Número de Mensagens:
    331
    Pontos de Troféu:
    36
    Acho que é porai mesmo!

    Vi alguns post depois as pessoas confundido AIDS com portador do Virus HIV.

    A pessoa pode ter o HIV ( virus inerte) mas não desenvolver a doença ( AIDS) que é o ataque ao sistema imunologico, dando abertura p/ as doenças oportunistas que matam.

    Seu parente pelo visto tem o HIV, mas não desenvolveu Aids.

    Eu já ouvi alguns casos de regreção do HIV sim, a ponto de dar Negativo, porém, transar sem camisinha acho uma irresponsabilidade sem tamanho.

    Que risco absurdo de se correr, atoa!
  14. VMP_troll Veterano

    Número de Mensagens:
    1,471
    Pontos de Troféu:
    139
    facepalm pra esse medico meul deus
    mesma coisa q da uma ak-47 na mao de um terrorista e fala pra ele sai matando td mundo
    hahhahahaha
  15. marcellhernandes Supra-sumo

    Número de Mensagens:
    4,570
    Pontos de Troféu:
    167
    O médico está certo. O que está acontecendo com a pessoa?

    Ela não está curada, porém, a carga viral está tão baixa que não é possível identificar nos exames. Essa pessoa não vai transmitir o vírus para o parceiro ou filho. Já vi caso de mulher pode engravidar e tudo, sem contaminar o marido e nem a criança. Isso não é nenhuma surpresa. O médico não errou. A pessoa pode transar sem camisinha sim, que não vai transmitir o vírus. Basta seguir com o tratamento, tudo certinho.

    Lembrando que ela não tem carga viral suficiente para transmitir o HIV. Não há risco! Pode até ter filho se quiser. Mas precisa sempre ir ao médico e fazer o tratamento certinho. Boa sorte pra ela!
  16. Omaba Ser evoluído

    Número de Mensagens:
    331
    Pontos de Troféu:
    36
    Você confiaria nisso 100%?? Se fosse parceiro de uma pessoa nesse caso transaria sem camisinha???

    O Limiar do desatre ai é muito fino cara!

    Eu jamais correria um risco desses.

    Sobre engravidar, eu já vi muitos casos, parece que há tratamento p/ se evitar que passe p/ o Filho. Porém, eu jamais produziria um filho de maneira natural, nesse caso somente por inseminação.

    Ta louco, é uma coisa muito séria p/ arriscar por um prazer momentaneo.
  17. BlackICE Dark side of ice

    Número de Mensagens:
    6,634
    Pontos de Troféu:
    214
    [kong]

    [COLOR="Navy"]Caríssimo user...

    Imagine a seguinte situação: O cara está com sua cepa de HIV controlada, os remédios não estão sendo tolerados por essa variação específica do vírus o que regrediu a infecção, ótima notícia, não?!

    Mas aí a besta do médico dá uma notícia dessas, a pessoa transa sem camisinha (faz essa burrice animal de novo, já não foi infectado?) e a pessoa com quem ele transa tem HIV de uma outra variação (HIV é mutante, lembre-se). Sabe o que vai acontecer? O HIV dele vai encontrar o HIV da pessoa e se transformar em uma terceira variação, recomeçando toda a infecção, tornando o coquetel que o cara toma hoje completamente inútil... Vai simplesmente começar tudo do zero, o tratamento, remédios, acompanhamento, etc etc...

    No caso de gravidez, etc. As chances de infecção são baixas, mas existem, porém é um risco calculado e concordado, e transa-se sem camisinha somente ALGUMAS vezes durante o período fértil para tentar a incubação (sendo que muito médicos recomendam inseminação artificial, eliminando o risco de contágio por sexo sem proteção).

    Att'[/COLOR]
  18. mig29gsxr Bam-bam-bam

    Número de Mensagens:
    9,601
    Pontos de Troféu:
    369
    Vai saber se foi isso que o médico falou, às vezes a pessoa tá na neura de fazer sexo sem camisinha e interpretou de forma errada o aviso do médico.
    A carga viral dela está baixa e o risco de transmissão é extremamente baixo, mas só um louco correria o risco desse jeito.
  19. marcellhernandes Supra-sumo

    Número de Mensagens:
    4,570
    Pontos de Troféu:
    167
    Estamos falando de sexo dentro do casamento, não de farra por aí. E sobre os tipos de HIV, temos o 1 e o 2. Um típico daqui, outro, de outros países. É feito o teste para os dois. Não vai ter um 3º tipo. A pessoa apenas terá contato com dois tipos de HIV, o que vai foder tudo.

    Sim, confiaria. A carga viral não seria suficiente para me contaminar. Se fosse minha esposa, eu faria sim. É só fazer o tratamento direitinho. Se houve avanços, dificilmente vai regredir com facilidade. Os médicos sabem disso, por isso o cara liberou. O desastre não poderia acontecer, pq, para um desastre, vc precisaria de carga viral mais alta.
  20. Killer Khan Bam-bam-bam

    Número de Mensagens:
    20,341
    Pontos de Troféu:
    454
    Puta merda, marcel, num fala besteira...
    Vai pesquisar um pouco sobre gravidez controlada, velho...

    [IMG]
  21. pescadorparrudo Bam-bam-bam

    Número de Mensagens:
    10,526
    Pontos de Troféu:
    454
    omg marcel, vc realmente acha que existem somente 2 tipos de hiv aqui no brasil?

    digita no google: mutação + vírus...

    cara, você fala cada coisa...
  22. KamuiX Habitué da casa

    Número de Mensagens:
    2,253
    Pontos de Troféu:
    66
    Manda ir para Cuba, tem alguns boatos que eles possuem a cura. Ou espera uns 30 anos até as empresas farmacêuticas resolverem distribuir a vacina feito com o estudo do sistema imunológico de algumas hookers da África que tem imunidade ao vírus.
  23. BlackICE Dark side of ice

    Número de Mensagens:
    6,634
    Pontos de Troféu:
    214
    Falando de sexo dentro do casamento? Quem está falando disso? Leia o post inicial do tópico, tem algo sobre sexo dentro do casamento lá?
    Tem algo sobre casamento em ALGUM post antes do seu?

    De qualquer maneira, pelo menos 30% dos casos de infecção por HIV ocorre DENTRO de um casamento, uma traição fortuita qualquer que traz o vírus pra dentro de casa. Vai confiar?!

    Quanto aos "tipos" de HIV, você está completamente equivocado, assim como seus posts. Pesquise mais e não divulgue informações erradas dessa maneira.
    Recomendo que leia algo básico, pra começar: http://boasaude.uol.com.br/lib/ShowDoc.cfm?LibDocID=4062&ReturnCatID=59

    Att'
  24. marcellhernandes Supra-sumo

    Número de Mensagens:
    4,570
    Pontos de Troféu:
    167


    Recomendo que vcs façam um exame, olhem o resultado e conversem com um especialista, como eu conversei :kongpositivo:

    "Dois tipos de HIV são reconhecidos atualmente: HIV-1 e HIV-2. No mundo todo, o mais comum é o HIV-1. Ambos são transmitidos da mesma forma e causam aids. Porém, o HIV-2 é menos transmissível e seu período de incubação é maior."

    Fonte: http://saude.terra.com.br/interna/0,,OI126482-EI1515,00.html

    Mais dúvidas? Observe o exame abaixo:

    [IMG]

    Qtos tipos tem ali? 200? 300? Ahhh... Porém, há 10 subtipos. SUB!!!!

    Opinião irresponsável é a de vcs, que acreditam saber mais do que um infectologista (que eu acredito estar tratando a pessoa em questão).

    Para o BlackICE, recomendo que pare de interpretar textos de internet e vá conversar com especialistas ou então preste atenção nas notícias que passam na TV. Saia um pouco da frente do PC.
  25. BlackICE Dark side of ice

    Número de Mensagens:
    6,634
    Pontos de Troféu:
    214
    [COLOR="Navy"]Pelo seus posts, o especialista que você conversou é muito bom. Passe o nome dele pra que eu não me consulte com ele nem por engano. :D

    Agora se você quer acreditar que os subtipos (e seus grupos e subgrupos) não são mutações do vírus HIV (e que essas mutações não podem ocasionar efeitos como maior resistência aos anti-virais), vai em frente.
    Se quer acreditar na opinião de UM profissional (ou da TV, como você mencionou) e não em um site médico aberto ao público e mantido pelos CRMs de 3 estados... Boa sorte. :kongpositivo:


    Att'[/COLOR]
  26. baddest Bam-bam-bam

    Número de Mensagens:
    3,074
    Pontos de Troféu:
    229
    Tem q ver isso ae hein mano
  27. marcellhernandes Supra-sumo

    Número de Mensagens:
    4,570
    Pontos de Troféu:
    167
    Ué... o próprio site q vc passou diz que a incidência desse problema em brasileiros é em cerca de 1% dos casos. Quem está falando besteira aí?

    Sobre o especialista que eu me consultei... bom, não foi só um, pq sou hipocondríaco e não confio em ninguém. Então já passei desde o serviço público (mto bom) até particulares (inclusive, um deles, com mais de 40 anos de carreira e diretor de um grande e renomado centro médico no Brasil). Além disso, tb foi mostrada uma notícia de uma mulher que se contaminou com HIV mto jovem, ainda adolescente. Começou o tratamento e seguiu, até não ter mais vírus detectados. Os médicos liberaram e ela fez um filho com o marido. Detalhe, sem contaminar o marido, nem mto menos, a criança. Eles tb estão errados, enquanto os 3 CRM's aí estão certos? (aliás, ali tem informações precisas. Vc q não leu tudo direito)
  28. Bozo_the_Clown Ser evoluído

    Número de Mensagens:
    714
    Pontos de Troféu:
    36
    Eu nao sei nao mas to axando q essa pessoa ou é vc ou eh o macho da sua mae...
  29. marcellhernandes Supra-sumo

    Número de Mensagens:
    4,570
    Pontos de Troféu:
    167
    Deve ser ele mesmo. Qdo vem falar de outra pessoa, normalmente é a própria pessoa.
  30. pescadorparrudo Bam-bam-bam

    Número de Mensagens:
    10,526
    Pontos de Troféu:
    454
    Omg, chegou o dia em que o marcel está certo?
    isso não viola as leis que regem o universo?
    huehueeue zueira. Vou pesquisar mais sobre e depois posto (ou não)
  31. marcellhernandes Supra-sumo

    Número de Mensagens:
    4,570
    Pontos de Troféu:
    167
    Ao autor do tópico, recomento que converse melhor com o seu médico e peça a ele para explicar tudo melhor. Tendo entendido tudo, se for casado (a), faça o que ele diz q vc pode fazer. Vale lembrar que os subtipos podem sim atrapalhar um tratamento, mas se no seu caso está estável e o médico enxergou isso, vai com tudo. Só não sai pra zoar, senão é foda. Siga sempre as recomendações do médico e procure sempre uma segunda opinião. É isso.
  32. marcellhernandes Supra-sumo

    Número de Mensagens:
    4,570
    Pontos de Troféu:
    167
    hahahahaah ARMAGEDON!

    Pesquise sim e procure esse caso que eu citei. Além disso, faça exames regularmente, tipo de 6 em 6 meses, no máximo. Mal não faz e vc fica de consciência limpa.
  33. mig29gsxr Bam-bam-bam

    Número de Mensagens:
    9,601
    Pontos de Troféu:
    369
    O que o Marcel tá falando não está errado. O índice é realmente mto baixíssimo para quem se trata corretamente e consegue ter o vírus indetectável nos testes. Existem algumas recomendações básicas que devem ser seguidas por casais soro discordantes e o contágio é tão baixo que não há estatística medida sobre o tema.
    Mas eu que não colocava a piroca lá sabendo que tem o negócio nem sem nem com camisinha.
  34. marcellhernandes Supra-sumo

    Número de Mensagens:
    4,570
    Pontos de Troféu:
    167
    Mas pelamor! Não confundam carga viral baixa com período de incubação!!!!

    O período costuma ser de 90 dias, até 180 dias (esmagadora maioria, quase 100%, em 90 dias) e nele, a pessoa transmite o HIV. Os sintomas mais comuns são mto parecidos com as gripe e incluem Rash Cutâneo. Vale lembrar que as febres são longas. Lembra mto uma gripe que não passa. Porém, é possível que não haja sintomas. Então, se vc teve uma relação de risco, não adianta esperar uma semana e fazer o exame. Vai ter que esperar 3 meses. Pois é, sua irresponsabilidade vai te custar 3 meses de noites mal dormidas... e torça para que seja só o sono a sua perda.

    Punhetinha tb passa HIV! Se ligue nisso! Se vc tiver contato com as secreções da pessoa, na brincadeirinha do rala-rala, pode pegar HIV ou Hepatites ou outras coisas não menos danosas. Então cuidado mesmo.

    Mas tb não precisa ter medo de tudo. O HIV oxida na presença do ar. Ele fora do sangue não é nada. Portanto, o maior problema com alicates e objetos cortantes são as hepatites, que resistem bravamente. HIV tb pode passar, mas teria que ser um contato mto rápido. Se o sangue secar, dificilmente será encontrado um vírus vivo. Mas, melhor não arriscar, né?

    É isso. Só não vale vacilar. Doencinha FDP...
  35. marcellhernandes Supra-sumo

    Número de Mensagens:
    4,570
    Pontos de Troféu:
    167
    :-D hahahahahahahaha ué, mas tu sabe que não vai pegar nada. Imagine a situação... uma mulher q vc ama e tals... vc acaba indo.

Compartilhe essa página