(Lei Seca) Quanto tempo leva para o organismo expelir o álcool?

Discussão em 'Vale Tudo' iniciada por Ruivo Hering, 25 Agosto 2008.


Status do Tópico:
Não está aberto para novas respostas.
  1. Ruivo Hering Larva

    Número de Mensagens:
    16
    Pontos de Troféu:
    1
    Galera, estou com a maior neura dessas bostas de fiscalizações em cima dos canas bravas que bebem e dirigem como eu.

    Antes de mais nada, devo informar que é perfeitamente seguro dirigir embriagado, principalmente à noite quando o tráfego é praticamente inexistente. Basta deixar o organismo se recuperar durante duas a três horas após ingerir o último copo/dose de bebida. Beber algum regrigerante e/ou água também ajuda bastante nesse período de "reabilitação". Depois, basta ser consciente, reconhecer suas limitações (baixa dos reflexos por conta da bebida), dirigir com atenção redobrada e, principalmente, em baixa velocidade procurando não ultrapassar os 60 km/h, sempre pela faixa da direita e dando passagem para os apressadinhos, muitas vezes drogados e/ou alcoolizados e querendo tirar pega, esses sim os verdadeiros perigos do trânsito. Faço isso há mais de 10 anos e nunca provoquei nenhum acidente.

    Posso afirmar com propriedade que os acidentes só são causados por bebida/drogas juntamente com irresponsabilidade e alta velocidade.

    So que, com essas fiscalizações, mesmo a pessoa dirigindo devagar e responsavelmente, pode ser flagrada em um teste de embriguez nessas malditas fiscalizações.

    Então, pergunto aos entendidos, quanto tempo a pessoa deve ficar sem ingerir álcool (período de "reabilitação) após ingerir a última dose/copo para que se sinta completamente recuperada e, principalmente, que seja aprovada no teste do bafômetro?

    As bebidas que normalmente consumo são as cervejas Brahma, Antartica, Skoll, Boêmia e, quando não há alternativa, Itaipava (as demais marcas eu não consigo beber) e as vodkas Absolut e Smirnoff, esta última quando não há alternativa pois não gosto muito. Percebo que o período de "reabilitação" pode ser encurtado quando bebo somente cerveja Itaipava já que ela me parece ser "agüada" e preciso aumentar esse tempo de "recuperação" quando entra no "coquetel" a vodka Smirnoff que é muito ruinzinha (só bebo quando não tem Absolut) e é por esse motivo que tenho evitado beber vodkas nesses tempos de fiscalizações.

    Por favor, ajudem um amigo cana brava a ser feliz.
  2. Evergrey Bam-bam-bam

    Número de Mensagens:
    9,108
    Pontos de Troféu:
    284
    Ja ouvi falar que isso gira em torno de 6 horas...

    Não tenho certeza, mas foi isso que ouvi...
  3. Boechat Ei mãe, 500 pontos!

    Número de Mensagens:
    24,963
    Pontos de Troféu:
    519
    ah depende da quantidade ingerida, ja ouvi dizer que pra cada lata é 1 hora, mas acho meio exagero.
  4. sebastiao coelho neto Bam-bam-bam

    Número de Mensagens:
    3,687
    Pontos de Troféu:
    239
    Depende muito da bebida, quantidade e do organismo de quem bebeu. Destilados demoram mais a sair. Magros* e mulheres são mais fracos e demoram mais tambem. Alem disso, se você beber muito, mesmo no outro dia, de ressaca mas sem os efeitos do alcool, o bafômetro pode acusar.

    Eu só bebo mesmo quando vou numa casa de praia ou sítio porque sei que vou dormir e voltar no outro dia. Como ta muito rigoroso, o ideal é ir em bazinhos próximos e de Taxi pra num sair muito caro.

    *O oposto de magros nesse caso tambem se aplica aos musculosos, e não somente aos gordos.
  5. Evergrey Bam-bam-bam

    Número de Mensagens:
    9,108
    Pontos de Troféu:
    284
    Legal é que tem uma balada aqui na cidade que criaram o "Motorista amigo" você vai pra balada de carro, enche o cu de cana e o lugar tem motoristas que te levam pra casa por R$10.00

    Aposto que os demais estabelicementos irao começar a implantar esse sistema
  6. dk120 Ei mãe, 500 pontos!

    Número de Mensagens:
    19,234
    Pontos de Troféu:
    579
    Quanto aos efeitos psico-motores concordo com você. Se o motorista esperar um pouco e dirigir bem devagar creio que possa voltar para casa numa boa, mesmo assim acho errado. É melhor deixar alguém que não bebeu.

    De qualquer forma se eu não me engano leva mais de 1 dia (2 eu acho) para o corpo se livrar do álcool completamente.
  7. Pozza007 Ei mãe, 500 pontos!

    Número de Mensagens:
    16,474
    Pontos de Troféu:
    559
    Tu deixou bem claro que a tua preocupação não é dirigir com segurança, e sim não ser pego pela polícia. Que te peguem, te prendam, tomem teu carro e a tua carteira, pra que tu nunca mais tenha a chance de matar alguém que não tem a mínima culpa da tua irresponsabilidade.

    Quer ser feliz? Não beba antes de dirigir. :kongpositivo:


    Sim sim... os acidentes que eu já vi foram culpa unicamente dos postes que tem a mania de atravessar a rua fora das faixas de segurança.

    Pqp... acho que em 3 anos de OS nunca li uma merda tão grande...
  8. SoUL_Of_DEviL Bam-bam-bam

    Número de Mensagens:
    8,071
    Pontos de Troféu:
    239
    Veja bem...

    Não existe diferença alguma entre o grau alcoólico de cervejas quando você fala de paladar "aguado" ou "encorpado". A diferença disso está nos outros ingredientes para a manufatura do produto, como a utilização do trigo. A diferença do grau alcoólico pode chegar no máximo a 1,5% por aqui (essa porcentagem pode mudar em caso de cervejas extrangeiras). Ou seja, de 5 a 6,5% de álcool por 100 ml de produto.

    Por isso, não há cerveja que te embebede mais rápido que outra. Na verdade, a quantidade de álcool ingerida é que pode variar em função da quantidade de enzimas que você possui. O organismo consegue adquirir uma certa tolerância ao álcool quando somos expostos à uma certa dosagem, que de início é um excesso, passando a não mais sentir os efeitos da intoxicação alcoólica. É por isso que um iniciante em cerveja, por exemplo, começa a se sentir estranho com dois copos de cerveja e o veterano que bebe quase todos os dias, não sente nada. É a indução enzimática fazendo efeito.

    O problema é que mesmo ocorrendo a ação da enzima (álcool desidrogenase), seu sistema nervoso é sensibilíssimo ao efeito do álcool. Isso significa que mesmo com uma dosagem baixa, já há sinais (mesmo que leves) de algum retardo nas suas funções. Você não percebe, até porquê é difícil perceber isso, mas seus reflexos vão ficando cada vez mais imprecisos. No trânsito, esse tempo de reflexo cai no tempo de reação. Portanto, mesmo que seja dois copos, não é recomendado que se dirija.

    A eliminação do álcool depende muito da quantidade. A meia vida do álcool no sangue gira em torno de 2 horas. Isso significa que para que a concentração do álcool na sua corrente sanguínea caia pela metade demora duas horas. O tempo total de eliminação, ou seja, zerar o bafômetro, pode chegar a 6 horas. Há estudos que já indicam que o álcool pode ficar de 7 a 9 horas em quantidades muito exageradas (acredito que alguém já tenha visto alguém ir dormir bêbado e ainda acordar meio tonto, sem relação à ressaca).

    Num resumo, falo o seguinte: respeite a lei vigente e beba somente perto da sua casa ou quando houver alguém são para pegar o volante. A lei não faz e nunca fez menção para pessoas dirigindo em alta ou baixa velocidade, em linha reta ou zigue-zague. Se bebeu, você já pode ser enquadrado e sem choro. Não mata ficar sem beber pra evitar maiores dores de cabeça.
  9. Ruivo Hering Larva

    Número de Mensagens:
    16
    Pontos de Troféu:
    1
    Só um aviso: Opinião da galera da igreja não conta.

    E para você que vai aos cultos de domingo de bicicleta por não tem a menor condição de dirigir um carro, estando sóbrio ou não, fique sabendo que o pessoal que dirige após ingerir álcool só comete algum acidente se não RECONHECER SUAS LIMITAÇÕES. Basta um período de "reabilitação" que consiste em não ingerir álcool durante um determinado período de tempo (no meu caso, normalmente umas duas a três horas dependendo da bebida e da quantidade ingerida) e dirigir devagar pela faixa da direita (máximo de 60 km/h) que a pessoa consegue chegar ao destino sem qualquer complicação, sem morrer e, principalmente, sem matar.

    O pessoal que costuma derrubar postes são esses jovens alucinados que bebem até vomitar, pegam no volante logo em seguida e, "alegrinhos", querem "aparecer" para os marmanjos dirigindo em alta velocidade.

    Tenho 10 anos de carteira, sempre dirigi após ingerir bebidas alcoolicas e NUNCA provoquei qualquer acidente, nunca matei, nunca morri. O ato de dirigir é banal, ridículo, não requer qualquer habilidade sobre-humana, qualquer analfabeto ou idiota tem condições de guiar um automóvel e me sentiria um completo incapaz, um boçal se eu não conseguisse realizar ação tão fácil mesmo sob efeito de álcool.

    Case-se virgem e tenha um bom culto.

    OBS.: Já esperava um texto pascácio escrito por algum membro de igreja no meu tópico e já tinha até a resposta pronta.
  10. PatrickM Habitué da casa

    Número de Mensagens:
    1,087
    Pontos de Troféu:
    92
    depende de cada organismo
  11. Sealzinho Bam-bam-bam

    Número de Mensagens:
    9,319
    Pontos de Troféu:
    329
    Dps dessa ultima resposta do doidão ae melhor nem responder...
    quer morrer?morre,mas n leva ninguem não.
    Boa sorte..
  12. Griggle Bam-bam-bam

    Número de Mensagens:
    7,076
    Pontos de Troféu:
    239
    Falo falo,e só falo merda,para de beber antes de dirigir e pronto.
  13. Ruivo Hering Larva

    Número de Mensagens:
    16
    Pontos de Troféu:
    1
    Complicado ficar debatendo com pessoal de IGREJA.

    Tem um pessoalzinho aqui que nunca dirigiu um carro (no máximo, dirige skate ou bicicleta) que deve achar que dirigir um carro é uma das coisas mais difíceis do mundo, que se faz necessária uma grande destreza e é que imprescindível que a pessoa esteja completamente sóbria para dirigir.

    Para vocês crianças que não sabem dirigir e que nunca beberam, dirigir não requer grandes habilidades e não serão algumas inocentes latinhas de cerveja que causarão uma tragédia. Somente a combinação quantidade exagerada de álcool mais irresponsabilidade (não ficar algumas horas em período de "reabilitação", diminuir a velocidade) mais fator psicológico (querer "aparecer" e dirigir em alta velocidade, falta de com senso etc) é que causam os acidentes de trânsito.

    Aliás, a alta velocidade é que a grande causadora de acidentes e, pelo que sei (10 anos de experiência no trânsito das grandes cidades) não é preciso estar embriagado para dirigir em alta velocidade.

    Essa ladainha de freqüentador de igreja de vocês chega a ser deprimente. Vivam a vida, bebam, transem, larguem um pouco essas igrejas.

    Isto é um tópico para ser debatido por pessoas que sabem dirigir e que já tenham ingerido alguma gota de álcool na vida. Se vocês não sabem o que é dirigir, nunca beberam nada na vida nula de vocês, por favor, continuem indo para seus cultos.
  14. Griggle Bam-bam-bam

    Número de Mensagens:
    7,076
    Pontos de Troféu:
    239
    Apesar de ser ateu,assim não frequentando a igreja,não entendi o por que a implicancia com quem frequenta igreja.
    Costumo dirigir uma caminhonete a Diesel (Frontier),um pocuo maior que uma bicicleta,e alias Skate não se dirige,anda.

    Quando saio pra tomar aquela cerveja com os amigos,nunca tomo 1 lata ou 2,tomo no minimo umas 5,no caso vo de carona com alguem,(tenho amigos q não bebem) ou até apelo pra mamãe e papai.

    As vezes que vo com o carro não consumo alcool,pra que sair e beber 1 lata ou 2 ? não vejo prazer em beber 1 ou 2,só vai me dar vontade de consumir mais,assim possivelmente,causando algum acidente.
  15. Gyunyu Habitué da casa

    Número de Mensagens:
    921
    Pontos de Troféu:
    56
    [COLOR="Indigo"]
    Eu já. Aquele cara que matou os cachorros envenenados.
    Enfim, não é certo beber e dirigir. Estou adorando essa nova lei.[/COLOR]
  16. Ruivo Hering Larva

    Número de Mensagens:
    16
    Pontos de Troféu:
    1
    Então, beleza, se você gosta e acha normal chamar o papai e a mamãe para irem te buscar e trocar suas fraldinhas porque você bebeu meia dúzia de cervejas (ridículo ficar totalmente incapaz de dirigir só por causa de umas cervejinhas), realmente você não foi feito para beber álcool.

    Quando peguei no primeiro volante da minha vida, você ainda andava de velotrol. Você não está debatendo com um adolescente de posse de habilitação provisória e sim com um motorista com 10 anos de trânsito, tempo este que pode parecer pouco mas muito provavelmente a sua idade deve ser somente um pouco maior do que o tempo que tenho de carteira de motorista

    Quero debater com verdadeiros apreciadores do álcool e não "dentinhos de leite" que ficam com diarréia no dia seguinte por causa de meia lata de cerveja.

    Te aconselho a se limitar ao guaraná nas raras vezes que você sair de casa com seus grupinhos de nerds abstêmios.
  17. Ruivo Hering Larva

    Número de Mensagens:
    16
    Pontos de Troféu:
    1
    Adora pois agora você pode alegar que não bebe por causa da multa de 950 reais e a retenção da carteira por 12 meses?

    Se é que você tem carteira, carro e já bebeu alguma gota de cerveja na vida...

    Ai, esse pessoal de igreja com ladainha politicamente correta cansa, viu!

    Pôxa, galera chata, se a religião de vocês não permite ingerir álcool, ter vida social fora da igreja e transar antes do casamento, deixem em paz o pessoal que está pouco se lixando para dogmas religiosos patéticos e que quer só curtir a vida, beber, conhecer mulheres, transar etc.

    Beber, transar e curtir a vida não são coisas de Lúcifer!
  18. Gyunyu Habitué da casa

    Número de Mensagens:
    921
    Pontos de Troféu:
    56
    [COLOR="Indigo"]
    Você se acha o bonzão porque tem o hábito de beber álcool (pensamentozinho retrógrado), porque disse que supostamente tem carteira de motorista a mais tempo que o outro usuário do fórum, e por isso se acha o melhor. Tomara que algum policial te surpreenda.

    E ainda tem preconceito religioso (sou ateu, à propósito).[/COLOR]
  19. Ruivo Hering Larva

    Número de Mensagens:
    16
    Pontos de Troféu:
    1
    Não serei surpreendido, sou uma pessoa safa e tenho as manhas para escapar das ciladas sem chamar o papai e a mamãe para me salvarem.

    E, realmente, lendo as opiniões ingênuas de alguns aqui com vida social nula ou limitada, eu fico mesmo me sentindo um "bonzão".

    Sério mesmo que nas raras vezes que vocês saem, vocês não bebem uma gotinha de cerveja? Ficam só no guaranazinho?
  20. Ruivo Hering Larva

    Número de Mensagens:
    16
    Pontos de Troféu:
    1
    Pode até ser ateu (nova moda nerd, ser ateu) mas seu pensamento ingênuo, um pouco obtuso até, não fica devendo nada para aquele pessoal testemunha de Geová.
Status do Tópico:
Não está aberto para novas respostas.

Compartilhe essa página